android_malware

Malware Para Android Aumenta Cada Vez Mais

Actualmente, sabe-se que não existem fórmulas mágicas e programas que garantam 100% de segurança para um utilizador. Mas, existem práticas que evitam que males maiores aconteçam de um dia para o outro. No último ano, a taxa de crescimento de malware, aumentou drasticamente e os alvos têm sido praticamente os novos sistemas operativos, com o [...]

Actualmente, sabe-se que não existem fórmulas mágicas e programas que garantam 100% de segurança para um utilizador. Mas, existem práticas que evitam que males maiores aconteçam de um dia para o outro. No último ano, a taxa de crescimento de malware, aumentou drasticamente e os alvos têm sido praticamente os novos sistemas operativos, com o Android a comandar as hostes de sistema operativo mais violado.

De acordo com um relatório disponibilizado pela Juniper Networks Mobile, existe cada vez mais malware novo para os novos sistemas operativos, sendo que o Android é o sistema operativo mais atacado que existe actualmente. Outra particularidade, é o facto de os ataques estarem a deixar de ter como alvo os utilizadores individuais e começarem a ser relatados, ataques a empresas (no documento pode-se ler um aumento de 614% de malware nos 12 meses que antecederam o mês de Março).

Muitos debates e opiniões têm sido conhecidos acerca da segurança que os próprios sistemas operativos proporcionam aos seus utilizadores. O facto de o Android ser o sistema operativo que mais ataques tem (75% de ataques de malware), muitos creêm no facto de ser um sistema operativo open source muito utilizado. E não deixam de ter alguma razão, apesar de nenhum sistema operativo garantir 100% de segurança a um utilizador, de facto é que a Apple com o sistema de verificação rigoroso e a política de que o iOS só será utilizado pela empresa nos seus dispositivos, faz com que este seja um alvo menos apetecível, mas, que não deixa de vez em quando de algum malware ser criado para tentar tirar proveito de algumas vulnerabilidades que possam sair em novas actualizações do sistema operativo.

Mas, pior, é o facto de alguns utilizadores, menos experientes , às vezes, até os experientes, não se aperceberem quando e como o seu dispositivo fica infectado, pois, os malwares criados, tal como a tecnologia, são desenvolvidos ao longo do tempo, implementado novas técnicas, que conseguem passar, a maior parte das vezes, despercebidas.

É preciso ter sempre algum cuidado com o uso do dipositivo (seja ele qual for), e, estar sempre a par das novas actualizações que os sistemas operativos, programas, etc, vão sofrendo.