innodisk-nanossd

InnoDisk Lança ‘NanoSSD’

As vantagens dos discos SSD já são bem conhecidas, especialmente nos Computadores e portáteis onde nos últimos meses têm vindo a ser considerados ”Upgrades de Luxo”. A sua integração nos Sistemas móveis era apenas uma questão de tempo e parece que já lá chegámos. Foi a Innodisk, empresa de origem tailandesa que se dedica ao estudo [...]

As vantagens dos discos SSD já são bem conhecidas, especialmente nos Computadores e portáteis onde nos últimos meses têm vindo a ser considerados ”Upgrades de Luxo”. A sua integração nos Sistemas móveis era apenas uma questão de tempo e parece que já lá chegámos.

Foi a Innodisk, empresa de origem tailandesa que se dedica ao estudo e construção de tecnologias de armazenamento flash e módulos DRAMM, que consegui juntar diferentes tecnologias num único dispositivo mantendo o grande factor diferencial nos SSD  - a sua elevada velocidade/desempenho com um baixo consumo. Conseguiu num espaço de 0.63 por 0.79 polegadas incluir: Interface de Armazenamento SATA III 6GB/s, controladores e memória flash. Resultando num armazenamento de até 32 GB (uma nova versão de 64GB deverá ser lançada em breve), 4GB flash , velocidade de leitura até 480 Mb/s segundo e escrita de 175 MB/s.

Podemos comparar, por exemplo, com a tecnologia actualmente usada pela Samsung, de interface eMMC, armazenamento até 64 GB, mas com um desempenho de aproximadamente metade da velocidade - 260 MB/s Leitura e 50MB/s de escrita. Ou ainda o ISSD da Sandisk que apresenta uma capacidade de armazenamento bem maior – 128GB, velocidades semelhantes, mas com um consumo energético mais de três vezes superior ao nanoSSD, algo que para os dispositivos “finos, leves e portáteis” é fundamental.

nanoSSD_innoApesar de ainda não haver, segundo a Innodisk até ao momento, marcas negociadas para comercializar o produto, será expectável que cheguem durante a próxima geração de dispositivos – ambos Smartphones e Tablets – permitindo na prática instalação, execução ou download de APP’s de forma mais rápida (leia-se em alguns casos  instantânea). Infelizmente, ao contrário dos portáteis e Desktops não será possível substituir “o disco rígido” do nosso dispositivo.