dispositivos_ios_malware_carregador

Grupo De Investigadores Descobrem Forma Para Colocar Malware No iPhone

É, sem dúvida alguma, um objectivo que muita gente tem tentado provar que é possível, mas, até hoje todas as tentativas resultaram em fracasso, e o que é certo é que até hoje, nenhum dispositivo iOS teve qualquer índicio de malware. O jailbreak é o único malware que consegue actuar no iOS, mas, para desbloquear [...]

É, sem dúvida alguma, um objectivo que muita gente tem tentado provar que é possível, mas, até hoje todas as tentativas resultaram em fracasso, e o que é certo é que até hoje, nenhum dispositivo iOS teve qualquer índicio de malware. O jailbreak é o único malware que consegue actuar no iOS, mas, para desbloquear o mesmo de modo a executar aplicações externas ao sistema operativo da Apple.

ipod_iphone_ipad

No entanto, segundo um grupo de investigadores do Georgia Institute of Technology, dos Estados Unidos, o iPhone é agora um pouco menos seguro, uma vez, que o grupo de investigadores anunciaram uma forma de infectar um dispositivo iOS com malware através de um…carregador. Os resultados dos investigadores revelam que qualquer um pode ser afectado por esta falha, pois, o ataque para ter sucesso não necessita de haver qualquer interacção do utilizador com o dispositivo. Adiantam, que o malware consegue até conseguem “camuflar” as aplicações instaladas para que não apareçam na grelha de aplicações do sistema operativo iOS.

Mas, e isto é muito importante, será que o código dessas aplicações consegue ser activado através da falha de segurança descoberta, de modo a activar o malware, mesmo sabendo que o iOS está protegido pela tecnologia sandbox? Pois, quanto a esta questão, os investigadores nada ou pouco revelaram. Resta saber se por uma questão de confirmação ou se realmente não sabem se sim ou não.

No entanto, as dúvidas quanto ao sucesso do malware continuam a surgir. Segundo os investigadores, o malware consegue ser instalado através do carregador, mas, o carregador usado por estes não foi genuíno da Apple, o que quer dizer que para o malware ser instalado através do carregador, o utilizador terá de comprar um carregador externo. Neste caso, os investigadores utilizaram um dispositivo baseado no BeagleBone (computador criado pela Linux), e até agora, as tentativas de adaptar a experiência a um carregador Apple…falharam.

O grupo de investigadores até pode ter descoberto uma forma de instalar malware no iPhone, iPad e iPod, no entanto, fizeram-no com equipamento adaptado e externo. E essa é uma razão, para a Apple não se preocupar, pois, quando alguém compra um produto Apple, esse produto é acompanhado com o carregador respectivo.

Mesmo assim, a técnica descoberta vai ser apresentada no mês de Julho, na conferência Black Hat, que decorrerá nos Estados Unidos.