Google Timelapse

A Google já é conhecida pelas suas numerosas ferramentas que têm vindo a ser publicadas, umas com intuito funcional para empresas ou entidades outras pela seu valor cultural. Esta nova ferramenta Google Timelapse vem no âmbito desta ultima. A nova ferramenta da Google permite-nos ver como era o mundo (partes dele melhor dizendo) visto do espaço à [...]

google_amazonA Google já é conhecida pelas suas numerosas ferramentas que têm vindo a ser publicadas, umas com intuito funcional para empresas ou entidades outras pela seu valor cultural. Esta nova ferramenta Google Timelapse vem no âmbito desta ultima. A nova ferramenta da Google permite-nos ver como era o mundo (partes dele melhor dizendo) visto do espaço à (quase) 30 anos.

Anunciado na ultima quinta-feira é uma aplicação construída no recém HTML5 que nos permite visitar o mundo através de um sistema semelhante ao já muito conhecido Google Earth (o motor e equipa são os mesmos)  desde 1984 até à data do presente, leia-se 2012. A ideia principal é termos uma noção mais acertada sobre o que mudou no mundo em termos turísticos,  populacionais, desflorestação ou simplesmente… paisagísticos. Para isso a Google utilizou um dos recursos da NASA, fotogramas Lansat - fotografias dos satélites enviados para a Terra e arquivados num género de cassete. A Google referiu que este projeto teve inicio em 2009 e que utilizou “ 2,068,467 imagens num total de 909 Terabytes de espaço de disco”.

google_dubai

Infelizmente não são permitidos grandes recursos nesta aplicação, não sendo possível ampliar a imagem tanto como no Google Earth (seria sobrenatural podermos ver a janela das nossas casas através desta ferramenta),  no entanto é mais que suficiente para obtermos imagens interessantes como a evolução da exploração turística do Dubai ou a desflorestação da selva Amazónica, as imagens aqui apresentadas, ou regiões onde o Degelo tem vindo a ser acentuado – alerta-se que as imagens como as ultimas duas acima referidas podem suscitar os ideais de quem presta atenção ao cuidado com o ambiente.

Para utilizar a ferramenta de forma mais automatizada basta utilizar este link e introduzir a localização desejada.

Temos a oportunidade de ver esta ferramenta graças a um trabalho conjunto da Google(noticia do Blog Oficial), da NASA , da revista Time e da Sociedade Geologica da America(USGS).